quarta-feira, 11 de maio de 2016

Amor sem Fronteiras - Encontrando tempo


Nas últimas semanas, o homem que amo ensina na escola secundária local e assiste às aulas para seu mestrado, a noite. Não passei vinte e quatro horas consecutivas com ele em meses. Nossos horários permitem.


Hoje o encontrei deitado de bruços, lendo para uma de suas aula. Tenho que estar perto dele, tocá-lo. Escalo suas costas e desfruto do tempo que temos juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário